Notícias


31 de julho de 2017 às 15h47 atualizada em31 de julho de 2017 às 15h57

Sobe para oito o número de vítimas em acidente no km 696 da 040

Mulher de deputado está entre as vítimas

Da Redação

Um trágico acidente acontecido na noite deste domingo (30), próximo a Barbacena, na BR 040, km 696, deixou oito vítimas fatais e outros cinco feridos. De acordo com informações apuradas no local, um veículo Ford Fiesta, licenciado em Esmeraldas (Grande BH) atropelou um ciclista e perdeu o controle de direção, atingindo uma Van que seguia em sentido contrário.

No momento do acidente sete pessoas vieram a óbito. A oitava vítima, Darcy Barbosa, de 59 anos, esposa do deputado federal Eduardo Barbosa, do PSDB de Minas Gerais, morreu após receber os primeiros atendimentos médicos no Hospital Regional de Barbacena, para onde foram levadas as outras vítimas em estado grave.

No Ford Fiesta estavam o motorista Luiz Ribeiro, Tamires Ribeiro e um bebê do sexo masculino de 08 meses. Todos morreram. Na Van, da APAE de Belo Horizonte, havia nove passageiros e morreram quatro deles, Cleusa Borges, 69 anos,natural de Pedro Leopoldo/MG;  Darcy Barbosa, 59 anos, natural de Nova Era/MG; Kamila de Oliveira, 28 anos, natural de Belo Horizonte; Luiza  Silva, 32 anos, natural de Belo Horizonte. O ciclista que também morreu foi identificado como sendo Alessandro da Silva, 16 anos, natural de Barbacena. Os corpos foram levados para o IML de Barbacena.

A Van da APAE de Belo Horizonte estava a caminho de Juiz de Fora, onde participariam de uma capacitação nesta segunda (31).

Relatos de pessoas que estavam na Rodovia no momento do acidente indicam que profissionais do SAMU e também do Corpo de Bombeiros precisaram chegar à pé até o local do acidente para iniciar os primeiros procedimentos de socorro, uma vez que o tráfego ficou totalmente parado.

Uma ouvinte do Contato Direto, da Rádio Sucesso FM, relatou este fato e ainda indicou os problemas ocorridos na noite da tragédia, “a pista não tem uma mureta de proteção que, seguramente, diminuiria a proporção deste acidente”. Ela disse ainda que a falta de pista de acostamento dificultou imensamente o socorro das vítimas, “víamos viaturas de bombeiros e do SAMU cortando estradas de terra para tentar chegar ao local do acidente”.

A Via 040 informou que a pista ficou totalmente liberada por volta da 1h30, já madrugada de segunda-feira, após mais de quatro horas de paralisação.

 

FOTOS E LEIA MAIS:

Grave acidente na 040 deixa pelo menos sete vítimas fatais

Van e carro de passeio colidiram nas proximidades do Roselanche